Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Artigos Mais Recentes

Será?

Por que lançar mais um blog na rede virtual já saturada de informação? O que acrescentar a este alucinado bombardeio de dados, notícias e informações que circulam e inundam o planeta?

Leia Mais

Memórias de um leitor V – Fernando da Mota Lima

Foi quando esse clima ideológico estava ainda se esboçando na minha vida pessoal que li Crimes de guerra no Vietnam. Diria simplesmente que representou um choque mental e ideológico na minha vida.

Leia Mais

Causos Paraibanos – Histórias de Bichos – Clemente Rosas

Administrador das fazendas Manjereba e Mumbaba, da Companhia de Tecidos Paraibana, na Zona da Mata, além da sua própria, no Agreste, meu pai tinha contato frequente com animais, domésticos ou silvestres.

Leia Mais

A Reforma da Previdência – Ivan Rodrigues

Mesmo mantendo o sentimento da paixão nas coisas da política, não perco meu vezo cartesiano ao apreciar uma necessária lógica, que deveria presidir os fatos que ocorrem atualmente em nosso ensandecido país.

Leia Mais

A carne é fraca – Editorial

A corrupção é uma praga nacional que, felizmente, está sendo investigada e punida pela atuação combinada da Polícia Federal e do Ministério Público, embora ainda estejamos muito longe de atingir um nível de moralidade pública sólido no Brasil.

Leia Mais

O legítimo e o criminoso nas doações – Sérgio C. Buarque

Na história politica do Brasil tem havido, ao longo dos anos, financiamento legal de empresas (sem superfaturamento e corrupção), que os políticos (ou partidos) registram como doação oficial na sua contabilidade (valor e doador) apresentada à justiça eleitoral.

Leia Mais

A fábrica – Fernando Dourado

Até os 15 anos de idade, José Umbelino Gomes Farinha amaldiçoava o pai todo dia por lhe ter dado um nome de batismo tão ridículo quanto ingrato. Ora, por muito que se esforçasse em ser identificado simplesmente como José, certo é que o Umbelino tinha uma força gravitacional forte.

Leia Mais

Obscurantismo e pusilanimidade – Editorial

Triste do país no qual um intelectual tem que pedir desculpas nas redes sociais por suas posições políticas e, mais ainda, por postar uma foto, num simples jantar ao lado de um Juiz de Direito.

Leia Mais

O Tempo da Justiça e o Tempo da Economia – Helga Hoffmann

Políticos populistas, de qualquer tendência, dependem mais que os outros do seu faro político, da capacidade de captar certas tendências do momento e criar a partir delas um relato distorcido que cola nelas o significado que mais lhes convém.

Leia Mais

Causos Paraibanos – Velhas Professoras – Zuzica – Clemente Rosas

Esta era famosa pela severidade. Maria José Gouveia era o seu nome, mas o apelido familiar chegou às salas de aula, muito embora nós, alunos, não fôssemos autorizados a tratá-la assim. Uma de suas auxiliares, excepcionalmente mansa, a chamava de Madrinha Zica.

Leia Mais

O Poder que se reconstrói no silêncio – Elimar Pinheiro do Nascimento

O mandatário parece jogar um jogo perigoso, mas necessário aos seus interesses, optando por impedir que a lavagem do campo político se faça e, para isso, reunindo amigos e adversários. Afinal, todos os grandes partidos e grandes chefes políticos estão hoje interessados…

Leia Mais

Desigualdade social e de gênero – Editorial

O Dia da Mulher é um marco simbólico no calendário, para estimular a discussão sobre as desigualdades de gênero, e alimentar a luta do movimento feminista contra o machismo e o sexismo dominantes na sociedade.

Leia Mais

Reforma ou privatização da previdência? – Sérgio C. Buarque

A falha dessa simulação é que ela esconde o fato de a previdência social ser um sistema de solidariedade dos trabalhadores ativos com os inativos, seja porque estes envelheceram ou porque ficaram inválidos.

Leia Mais

Realidade, mitos e política – João Rego

Subjacente ao Poder, opera um mecanismo de dupla articulação: a mitificação dos que detêm o poder e, por outro lado, a infantilização do cidadão que a estes delega o seu destino, a sua existência em sociedade.

Leia Mais

O batismo dos insensatos – Ivanildo Sampaio

O letreiro, enorme, esclarece aos desavisados: “Parque de Santana Ariano Suassuna”. Não sei se o grande mestre, vivo fosse, gostaria da homenagem: o parque não chega a ser um exemplo de lugar onde predominam o bom gosto e a segurança…

Leia Mais