Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

A África perdida – Editorial

Todos os anos, milhares de africanos emigram para diversos países desenvolvidos, principalmente Europa, continente rico, próximo e, além do mais, com um passado colonialista na África. Os dramáticos incidentes da morte dos líbios em embarcações improvisadas, são o doloroso testemunho de um fenômeno recorrente com diferentes trajetórias mas, quase sempre, sujeitos a uma máfia de traficantes de humanos. Ninguém sai do seu país numa grande incerteza, arriscando a morte e abandonando família e amigos, se tiver condições de vida digna e segura na própria sua terra. Por isso, a melhor política dos países desenvolvidos para os imigrantes não é abrir as portas para uma maciça imigração de desesperados africanos, muito menos impedir com violência a entrada dos refugiados. A forma mais adequada para deter este fluxo descontrolado de imigração e, além do mais melhorando a vida dos africanos, seria...

Leia Mais

Globo – amor e ódio – Sérgio C. Buarque

O brasileiro tem uma relação de amor e ódio com a rede Globo de televisão que completa agora 50 anos de sua presença e entrada diária nos lares do Brasil.

Leia Mais

O Liberal Vargas Llosa – Fernando da Mota Lima

Sabres e Utopias, recente coletânea de artigos e ensaios de Mario Vargas Llosa, reúne em mais de 400 páginas substanciosa e variada amostragem da sua obra de intelectual…

Leia Mais

O Sport, sempre – João Humberto Martorelli

Eu sou o responsável – o único responsável – pelos insucessos do futebol do Sport na primeira quadra deste ano. A um, porque essa responsabilidade é inerente ao exercício da presidência, o cargo mais alto do clube.

Leia Mais

Só um Livre pensar – David Hulak

Falando sério, acho que ainda temos nove meses para promover o ano Pelópidas da Silveira. Ora pois, justa e merecidamente já se iniciou a programar 2016, o ano do centenário de Arraes.

Leia Mais

Terceirização – Editorial

Terceirização foi o tema político dominante nesta semana, com intenso debate na Câmara de Deputados em torno do Projeto de Lei 4.330/04 e que, por sua vez, mobilizou os sindicatos em manifestações contrárias ao projeto em várias cidades brasileiras. Existe muita desinformação, manipulação e elevada carga emotiva em torno da lei aprovada, confundindo a opinião pública com uma falsa polarização entre a busca da competitividade e a precarização das relações de trabalho. A terceirização é uma prática antiga e, em termos simples, é a opção empresarial de transferência de funções e etapas do processo produtivo (em geral serviços em atividades meio) para outras empresas, contratantes e contratadas, negociando, comprando e vendendo serviços. O caso mais comum e frequente de terceirização, praticado por empresas e mesmo pelo setor público, é a contratação de serviços de segurança, manutenção, limpeza e higiene...

Leia Mais

Página de memória: o voo da Georgia – Fernando Dourado

EU JÁ TINHA RODADO BOA PARTE DA EUROPA, visitara meia-dúzia de países do Oriente Médio e vivera nas três principais nações do Velho Continente…

Leia Mais

A flecha – João Humberto Martorelli

Uma história é sempre uma história, pode ser contada muitas vezes. Principalmente quando ela tem relações com o momento atual.

Leia Mais

Caetano versus Chico – Fernando da Mota Lima

Em muitos sentidos, este artigo é um desdobramento de um outro, intitulado Chico Buarque e o Tropicalismo, recentemente publicado nesta revista.

Leia Mais

PELÓPIDAS: Ética e Modernidade – José Arlindo Soares

As comemorações do centenário de nascimento de Pelópidas Silveira devem servir como um momento pedagógico para passar às novas gerações a postura de um ícone do século XX…

Leia Mais

Livre Pensar – David Hulak

Filho pródigo e assim Alegrai-vos!

“E saindo o pai, instava com ele. Mas, respondendo ele, disse ao pai: Eis que te sirvo há tantos anos, sem…

Leia Mais

O legado de Eduardo Galeano – Editorial

Eduardo Galeano notabilizou-se como um dos mais importantes intelectuais e ativistas da esquerda latino-americana com a publicação do clássico As veias abertas da América Latina. Escrito no começo da década de 1970, em que muitos países dessa parte sul do continente americano viviam regimes ditatoriais militares, o livro, que vendeu mais de um milhão de exemplares, tem influenciado por mais de quarenta anos gerações de jovens e ativistas. “Há dois lados na divisão internacional do trabalho: um em que alguns países especializam-se em ganhar, e outro em que se especializaram em perder. Nossa comarca do mundo, que hoje chamamos de América Latina, foi precoce: especializou-se em perder desde os remotos tempos em que os europeus do Renascimento se abalançaram pelo mar e fincaram os dentes em sua garganta (…) a história do subdesenvolvimento da América Latina integra, como já...

Leia Mais

Chico Buarque e o Tropicalismo – Fernando da Mota Lima

Chico Buarque do Brasil, volume publicado em 2004 e organizado por Rinaldo de Fernandes, é um dentre muitos títulos que celebram em tom consensual…

Leia Mais

PMDB no poder – Editorial

Acuada pelo descontrole e pelas manobras da base aliada, fragilizada pelas pesquisas de opinião e desorientada na condução política do Brasil, a Presidente Dilma Rousseff parece ter jogado a toalha. Nesta quarta feira entregou as atribuições e a responsabilidade pela articulação política do governo a Michel Temer, vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB. Ao que se noticia, seguindo recomendações e pressões do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Com esta decisão extrema, substituindo o petista Pepe Vargas pelo peemedebista Michel Temer da condução política do governo, a presidente entrega de bandeja ao PMDB o poder governamental de fazer política, negociar e conduzir os acordos no Congresso. Segundo declarações do novo articulador político, a presidente concedeu “autonomia e liberdade para indicação de cargos no segundo e terceiro escalão”, vale dizer, autoridade para comprar a adesão e os votos...

Leia Mais

O Progresso “pato manco” – Clemente Rosas

O pato, ave aquática, caminha mal. Se o imaginamos manco, sua inabilidade em terra ainda se agrava.

Leia Mais

Bala perdida – Ester Aguiar

Pensando bem, de onde vem a bala perdida? Cada dia mais, vítimas inocentes são alvo de balas atiradas a esmo e são “achadas” por essas balas.

Leia Mais

A destruição da natureza é reversível – Teresa Sales

“A destruição da natureza é reversível”, repito, é a mensagem final do filme O sal da terra, dirigido por Win Wenders e Juliano Ribeiro Salgado, em cartaz desde esta semana nos cinemas brasileiros.

Leia Mais

Evandro, profissão escritor – Fernando Dourado

EVANDRO AFFONSO FERREIRA, bom mineiro de Araxá e morador de São Paulo há mais de meio-século, gosta de escrever livros nos cafés da cidade gigante.

Leia Mais

Novela Babilônia – Ester Aguiar

Venho acompanhando nos últimos dias pelas redes sociais e jornais a polêmica que se estabeleceu, em nível nacional, sobre a novela das nove horas da Rede Globo, Babilônia, escrita por Gilberto Braga…

Leia Mais

O problema é outro – Editorial

O PEC-Projeto de Emenda Constitucional 171/03, que prevê a redução da maioridade penal para 16 anos, entra na pauta do Congresso depois que a Comissão de Constituição e Justiça desconsiderou anticonstitucional. O Brasil vai viver de agora em diante alguns meses de acirrados e apaixonados debates em torno de uma questão secundária no tratamento da segurança pública. Ninguém nega o recrutamento de muitos jovens brasileiros pelas gangs de traficantes e assaltantes para aproveitar a proteção do Código da Criança e do Adolescente. Tampouco se pode ignorar os eventos dramáticos de latrocínio, homicídio e estupro seguido de morte praticados por jovens com menos de 18 anos. Embora muito raros (apenas 2% dos homicídios do Brasil são praticados por jovens), estes fatos provocam grande comoção, precisamente pela juventude dos seus autores, quase crianças, que deveriam estar nas escolas. Mas o problema...

Leia Mais