Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Populismo caipira – Luiz Otavio Cavalcanti

A história é mestra. No século XVIII, a Revolução Francesa foi reação a uma realeza inconsciente descolada da realidade. No século XX, a desagregação da União Soviética foi reflexo do processo de liberalização política que dominou a Europa nos anos 80.

Leia Mais

Os Presentes de Trump a Xi Jinping no Ano Novo Chinês – Helga Hoffmann

De hoje, 27 de janeiro, até 2 de fevereiro, os chineses celebram seu Ano Novo. É uma celebração da família. Tradicionalmente era um festival da primavera, celebrava-se o início de um novo ciclo das…

Leia Mais

Pior é que ele cumpre! – Editorial

Infelizmente o presidente Donald Trump tem uma qualidade rara nos políticos: cumpre as promessas de campanha, mesmo as mais retrógradas. É o que está mostrando de forma lamentável.

Leia Mais

Memórias de um leitor III – Fernando da Mota Lima

Esperar o trem, na imaginação de tantas vidas áridas, era figurar no improvável a esperança de uma outra ordem de vida, era fabular o real factível sem, contudo, ser ficcionista, tão ausente era a ficção literariamente compreendida num mundo ancorado na tradição oral.

Leia Mais

Drogas lícitas e ilícitas – Sérgio C. Buarque

Vamos imaginar que um deputado da bancada evangélica submetesse ao Congresso Nacional um projeto de lei de criminalização do consumo de álcool no Brasil. Absurdo? Não, para isso teria justificativas relevantes…

Leia Mais

Confiança – Luiz Otavio Cavalcanti

Cenário da economia brasileira no final de 2017: crescimento do PIB de até 2%; inflação de 5%; taxa de juros de 9,5%; desemprego declinante. Improvável? Talvez não. Com a política ajudando a economia, dá.

Leia Mais

No fundo do Poço – Ivanildo Sampaio

Um esclarecimento, para quem desconhece sua história: O Poço da Panela surgiu por volta do século XVIII, pertencendo às terras do Engenho Casa Forte, propriedade de Diogo Gonçalves. O engenho foi construído em áreas doadas por Duarte Coelho.

Leia Mais

O mundo treme – Editorial

Com a posse de Donald Trump na presidência dos Estados Unidos, o mundo entra num delicado e perigoso ciclo de incertezas e instabilidades, num momento particularmente grave da história contemporânea.

Leia Mais

O dia em que a Terra saiu do eixo – Fernando Dourado

O ano estava perto do fim. Atravessamos de carro o interior da Polônia rumo à Cracóvia. Por sorte, a rodovia estava seca, o que nos permitiu manter boa velocidade e chegar ao destino no começo da noite.

Leia Mais

No país das Águas – Clemente Rosas

A atividade de consultor de empresas, com foco na conquista de incentivos fiscais para novos investimentos, tem lá seus encantos. Um deles é a oportunidade de viajar, para conhecer os empreendimentos a serem contemplados com o apoio governamental, com a nossa intermediação.

Leia Mais

A impopularidade do Presidente – Sérgio C. Buarque

Se sobreviver à onda de denúncias da Lava Jato e aos desmantelos e impropriedades de alguns dos seus auxiliares diretos, Michel Temer deve terminar o seu mandato como o presidente mais impopular da história do Brasil.

Leia Mais

Memórias de um leitor II – Fernando da Mota Lima

A chave da estante e a solidão fruída na cadeira de balanço da varanda à sombra do sol e da rotina sem alma fundaram o paraíso secreto que me converteu para sempre num explorador do mundo reinventado pela literatura.

Leia Mais

Brasil em guerra – Editorial

O Brasil está em guerra. Em 2015, foram assassinados no Brasil 58.467 pessoas. Não uma guerra declarada entre inimigos formais, nem sequer uma guerra civil com disputa de interesses e projetos coletivos, mas uma guerra surda e dispersa na qual os brasileiros estão se matando.

Leia Mais

Simulações e Simplificações – Sérgio C. Buarque

Em mais uma tentativa para mostrar que não existiria déficit na Previdência social, está sendo divulgado na rede social um cálculo realizado pelo cientista político Itamar Portiolli comparando a contribuição de um trabalhador para a previdência e o seu retorno em benefício futuro.

Leia Mais

Memórias de um leitor I – Fernando da Mota Lima

Comecei a ver e decifrar o mundo dos símbolos a partir do dia em que abri a estante e estendi a mão da intuição cega em direção ao primeiro livro que removi da estante e comecei a ler. Já não me lembro qual foi. O que sei é que a partir daquele momento um mundo incogitável e maravilhoso se apossou da minha imaginação.

Leia Mais

A Turma da Van – Fernando Dourado

O velho desembargador primeiro apostou que o filho adotivo pudesse entrar numa dessas faculdades de Direito que se contam às dezenas e, aos trancos e barrancos, arrancar uma graduação.

Leia Mais

Fantasma subterrâneo – Editorial

Em vez de uma guerra do Estado brasileiro ao crime organizado, o que vemos hoje no Brasil é um violento conflito armado entre organizações crimonosas disputando espaços no grande e promissor negócio de drogas, armas, assaltos e subornos.

Leia Mais