Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Once upon a time in Paris – Fernando Dourado

Tudo começou com um passeio ao cemitério de Montparnasse, um local aprazível para celebrar os primeiros dias de primavera. Logo à entrada principal, poucos passos à direita, estão lado a lado os túmulos de Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir.

Read More

Hebdomadário da Corte XXIV – Luciano Oliveira

Como professor na área das ciências sociais e humanas, tenho muitos alunos “críticos”. O qualificativo, claro, remete à filiação marxista que seu enunciado evoca. Como costuma acontecer, são também pessoas afinadas com as “novas” pautas culturaisque adentraram ruidosamente a cena pública de alguns anos para cá.

Read More

Acordos e Superação de Crises – Maurício Costa Romão

Durante a grave crise política e econômica que culminaria com o impeachment da presidente Dilma Rousseff chegou-se a ventilar uma ação cooperada entre oposição e situação para estancar a crise, pois já se notava crescente percepção dos dois lados de que o conflito político estava paralisando a nação…

Read More

A Chance de Cada Um – Elimar Pinheiro do Nascimento

A confusão é maior do que pensávamos. Deverá terminar no domingo, 5 de agosto. Mas para iniciar-se outra confusão. A atual, conhecida como “quem quem”, porque ninguém sabe direito quem ficará com quem.

Read More

Partidos sem causas – Editorial

Na medida em que se aproximam as eleições, cabe-nos alguma reflexão sobre como se organizam os cidadãos que se habilitam à conquista dos postos eletivos, em nosso país.  Quantos partidos políticos temos?  Mais de trinta. 

Read More

O Mar de Debussy, brisas e ondas pintadas pela orquestra – Frederico Toscano

As peças de Claude Debussy(1862-1918), representante principal do movimento musical impressionista surgido na França, provocaram opiniões bem conflitantes e ferozes polêmicas, mas no início do século XX, ele se firmou como figura de destaque no novo movimento musical.

Read More

Hebdomadário da Corte XXIII – Luciano Oliveira

Quarta-feira passada, dia 18 de julho, fez exatamente um ano que recebi, por volta do meio-dia, um telefonema estranho da minha colega e amiga professora Conceição Lafayette, perguntando com certa insistência onde eu estava.

Read More

Livre Pensar – David Hulak

Fico pensando em não mais escrever, muito menos publicar. Não há motivos para o chiste, para uma charla. Mas não posso parar de pensar, o que me incomoda desde que meu filho, então entre os seus cinco a seis anos, após uma longa demora no banheiro, saiu perguntando: “por que a gente não para de pensar?”

Read More

Alienação Eleitoral e Eleições Proporcionais – Maurício Costa Romão

O enorme descrédito dos eleitores com a política, com os políticos, e com o stablishmentem geral tem levado a maioria dos analistas a prever altas taxas de alienação eleitoral (abstenção + votos em branco + votos nulos) no pleito de 2018.

Read More

Abraços e pontapés croatas – Helga Hoffmann

Há uma parte do público brasileiro que merece que se aplique o adjetivo de politicamente imbecilizado. Deliberadamente opto por imbecilizado: ninguém nasce imbecil, é imbecilizado, com diversidade de gradações, pela maneira de viver, pela educação em casa e na escola, e pelo tipo da informação que absorveu.

Read More

Pobre Nicarágua – Editorial

Mal saído das emoções da Copa do Mundo e do final feliz da aventura dos “javalis selvagens” na Tailândia, o mundo sofre o doloroso impacto dos sangrentos episódios da Nicarágua, onde jovens estudantes, indígenas e gente humilde do povo enfrentam desarmados a truculência de um novo ditador.

Read More

Política pós Lava-Jato – Felipe Oriá

Enquanto o país parou para assistir à Copa do Mundo, passaram despercebidos  alguns gols-contra que o Brasil levou. Chegamos ao ponto em que não se pode sequer assistir a uma partida de futebol sem que o país seja saqueado.

Read More

O Colapso Da Pátria Educadora – Paulo Gustavo

O “tópos” das relações entre o intelectual e o poder sempre rende reflexões e autorreflexões, mesmo entre aqueles que tiveram uma passagem fugaz pelo poder. É o caso do ex-ministro da Educação, o filósofo Renato Janine Ribeiro…

Read More

Hebdomadário da Corte XXII – Luciano Oliveira

Como diria Roberto Carlos, “o show já terminou”. A “bolha da copa”, é verdade, só estoura no próximo domingo, com a grande final, mas devo confessar uma defecção: pulei fora antes, com a derrota do Brazuca para a Bélgica, deixando lá dentro Galvão…

Read More

Sobre aves piciformes de bico grande e oco – Fernando Dourado

É bem provável que no dia em que se inventariarem os descaminhos do PSDB como partido político brasileiro de referência, no trigésimo aniversário de sua fundação, o historiador do futuro aponte o dia 12 de março de 2018 como um enorme e quase despercebido divisor de águas.

Read More

Vilipêndio à Justiça – Editorial

No último domingo, o Brasil foi surpreendido por uma manobra torpe que, por pouco, não subverteu a ordem jurídica do país e o expôs à risota da comunidade internacional.  Três deputados federais impetraram “habeas corpus” em favor de um condenado pela Justiça

Read More

Por que somos como somos? – Elimar Pinheiro do Nascimento

Nos últimos trinta anos, o País tem conhecido muitas mudanças na interpretação e compreensão de seu passado. A visão estruturalista que dominou a história do Brasil até os anos 1970, centrada no papel do Estado e no comércio internacional…

Read More

Hebdomadário da Corte XXI – Luciano Oliveira

Alô amigos da Rede Bolha! Até 15 de julho, já sabem: continuo na “bolha da copa”. Eu e Galvão!

Read More

O doce ópio da Copa do Mundo – Editorial

Já que é difícil fugir do tema nestas semanas de alegria e efusão, podemos especular um pouco a respeito de alegados efeitos de um evento como esse sobre Governo e Política.  Há quem creia que vitórias ou derrotas mundiais de futebol podem debilitar ou fortalecer governos…

Read More

Aventura em Alto Mar – Clemente Rosas

Corriam os anos 70 do século passado, e eu trabalhava como executivo de uma empresa produtora de papelão ondulado do Grupo Klabin, com unidade industrial na cidade de Goiana e escritório na capital de Pernambuco. 

Read More

A voz dos bons e maus perdedores – Fernando Dourado

“Meu nome é M. Rao e sou comerciante de pedras preciosas aqui em Jeddah desde os anos 1990, quando interrompi meus estudos para vir tomar conta do comércio da família depois da morte de nosso pai. Com duas irmãs para casar, e sabendo que o maior desejo dele …

Read More