Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Será?

Por que lançar mais um blog na rede virtual já saturada de informação? O que acrescentar a este alucinado bombardeio de dados, notícias e informações que circulam e inundam o planeta?

Read More

Abundância: o discurso misericordioso de magnânimos, ardilosos e benevolentes – Fernando Dourado

“Puxa, cara, estou genuinamente sentido por você. Nunca tive ilusão de que não estávamos em lados opostos do espectro político. Sempre soube que sim. Menos mal que isso quase nunca abalou nossa amizade.

Read More

Polarização e fragmentação política – Editorial

A pouco mais de duas semanas das eleições presidenciais, as pesquisas eleitorais mostram uma clara polarização política entre duas tendências extremas – o bolsonarismo e o lulismo – que pode levar a uma disputa do segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, ambos com alta taxa de rejeição.

Read More

Hebdomadário da Corte XXXII – Luciano Oliveira

Acho que faltou no “hebdô” da semana passada um post-scriptumendereçado ao leitor que me sugeriu escrever sobre legalidade e legitimidade. Escrevo-o agora, me valendo outra vez do pensamento de Claude Lefort – do qual tenho me servido nessas reflexões sobre democracia.

Read More

É Tarde Demais? – Elimar Pinheiro do Nascimento

Estamos prestes a enterrar a democracia, a desfazer o legado da luta contra o regime militar, a jogar fora a constituição cidadã. Adentramos o esforço de destruir a política, pois o sentimento predominante é de indignação e ódio contra as instituições democráticas, contra o Parlamento…

Read More

Bachianas Brasileiras nº 5 de Villa-Lobos, um clássico dos trópicos – Frederico Toscano

Incrivelmente prolífico, o carioca Heitor Villa-Lobos (1887-1959) era um personagem exuberante, tendo alcançado o status de maior compositor na música clássica brasileira.

Read More

Hebdomadário da Corte XXXI – Luciano Oliveira

Um dos meus cinco leitores sugeriu-me que abordasse nessa série de reflexões sobre a democracia a distinção entre legalidade e legitimidade. Como se sabe (todo estudante de direito aprende isso logo nas primeiras aulas), nem tudo que é legal é legítimo, e nem tudo que é legítimo é legal.

Read More

Escola das facas – Luiz Otavio Cavalcanti

Em 1980, o poeta João Cabral de Melo Neto publicou livro no qual consta o poema A Escola das Facas. O poema começa assim…

Read More

Estado e Desigualdade – Jorge Jatobá

A desigualdade é, de longa data, um estigma brasileiro. Somos o quinto país mais desigual do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). O Estado que   concebe e executa, bem ou mal, políticas para reduzi-la, tem, todavia, também contribuído para ampliá-la.

Read More

A miséria da política – Sergio C. Buarque

Que país desgraçado é este – social e politicamente -no qual os candidatos disputam o voto prometendo conceder favores e benefícios individuais aos eleitores, e não medidas para o desenvolvimento nacional? Socialmente, porque persistem as carências que levam o eleitor a conceder seu voto aos seus benfeitores…

Read More

A carta da falsificação – Editorial

De uma cela na Polícia Federal, onde está preso, condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva não perde a oportunidade de falsificar a realidade e desqualificar as instituições democráticas do Brasil.

Read More

Hebdomadário da Corte XXX – Luciano Oliveira

A democracia como um regime que acolhe a legitimidade do debate sobre o legítimo e o ilegítimo é um mote tantas vezes repetido na obra de Claude Lefort que o nosso José Guilherme Merquior, num livro sobre o marxismo ocidental, o qualificou de “prolixo”.

Read More

E agora, de repente, a ONU manda no Brasil? – Helga Hoffmann

Porque será que o Comitê de Direitos Humanos da ONU lembrou que esta semana era de registro de candidaturas presidenciais no Brasil? A ONU, depois de vários anos de esforço e muitas reuniões em que se envolveu o Enviado Especial da ONU para a Síria, o ítalo-sueco Staffan de Mistura…

Read More

Uma sociedade pedinte – Teresa Sales

Além da indignação contra o descaso dos governos, que são a causa primeira da destruição de um de nossos mais valiosos patrimônios culturais, o que mais acrescentar?

Read More

Desventuras Náuticas – Clemente Rosas

Volto a falar do mar porque agora, em regresso definitivo à minha querência, eu o tenho por companhia permanente, e na primeira luz dos dias já posso conferir, de minha varanda, seu brilho, sua cor e seus humores.  Na verdade, tenho convivido com ele desde a mais tenra infância. 

Read More

Dor e luz – Fernando Dourado

Em plena manhã desta quinta-feira, 6 de setembro de 2018, despertei ilhado em Oak Park, subúrbio de Chicago. Chovia muito. Esperando que o calor arrefecesse com a água abundante, levantei da cama lentamente para atender ao aviso sonoro, indicativo de que uma mensagem prioritária acabara de entrar.

Read More

Tragédia do imediatismo – Editorial

Nem o passado nem o futuro interessam aos brasileiros. Concentrados na sobrevivência e na fruição do presente, não ligamos para o passado e não olhamos para o futuro. Na verdade, estamos de costas para o futuro.

Read More

Sinfonia da Ressurreição de Mahler, a busca pelo sentido da vida – Frederico Toscano

Em novembro de 2016, o manuscrito da Sinfonia n.º 2 de Gustav Mahler(1860-1911) foi vendido por 4,5 milhões de libras esterlinas, batendo o recorde segundo a Sotheby’s por ser o manuscrito musical mais caro da História.

Read More

Carpeaux, prazer em conhecê-Lo! – Paulo Gustavo

Conheci Otto Maria Carpeaux (quase escusado dizer que por metonímia) em 1980, numa viagem ao Rio de Janeiro. Aos 23 anos, eu mal saíra da adolescência. E ele, o grande autor, mal desaparecera do cenário intelectual brasileiro, uma vez que morrera havia pouco: em 1978.

Read More

Memorias de Redação: “Projeto Aripuanã” – Ivanildo Sampaio

Em meados dos anos 70 do século passado, quando o Mato Grosso ainda era um Estado único – não existia Mato Grosso do Sul – estive lá, diversas vezes, como repórter de um grupo empresarial que já não existe. Encantava-me aquele mundão líquido e verde, escuro e misterioso…

Read More

Livre Pensar – David Hulak

O pensamento voa e as palavras vão a pé, dizia Julien Green,… ,claudicando por topadas na realidade, completo eu. Chemnitz, no Estado da Saxônia. Pacaraima, divisa com a Venezuela. Lá os “supremaxistas” arianos, neonazistas; cá, a massa de manobra de campanhas eleitorais. Do Not Forget.

Read More

Hebdomadário da Corte XXIX – Luciano Oliveira

A propósito do hebdô da semana passada, um leitor me disse que achou o termo “desintrincamento”, da lavra de Lefort, mais do que rebarbativo: achou-o obscuro. Comprometi-me em esclarecê-lo. Vamos lá! Nos textos originais, escritos em francês, o que aparece é “désintrication”.

Read More

Roraima em chamas – Editorial

Enquanto eram sírios e africanos que afundavam no Mediterrâneo e eram impedidos de entrar em alguns países europeus, a migração em massa era um problema distante, que não nos afetava. Agora, o desmantelo de quase duas décadas da aventura populista e autoritária na Venezuela

Read More

Quem será o presidente da República? – Teresa Sales

Um debate sobre “Eleições 2018: quem vai ganhar?”, motivaram-me a escrever este artigo. De tudo o que ouvi no debate, chamou-me mais atenção o que não é novidade: a instituição mais confiável para a população brasileira é a Igreja.

Read More

Vida e morte em Varanasi – Fernando Dourado

O ano se encaminhava para o fim e eles saíram de Nova Déli logo cedo, por volta das sete horas. Segundo o concierge do hotel, antes deste horário a neblina não os deixaria progredir e o trajeto seria temerário. Já se viajassem apenas um pouco mais tarde, os engarrafamentos os impediriam de avançar a boa velocidade…

Read More

O jogo tem início – Elimar Pinheiro do Nascimento

A semana que está findando foi rica em divulgação de pesquisas eleitorais. Pelos menos três institutos tiveram seus resultados amplamente divulgados. Nada extraordinário, afinal, o jogo começou. Um começo esquisito, pois um dos candidatos, de longe o melhor colocado, provavelmente não participará.

Read More

Hebdomadário da Corte XXVIII – Luciano Oliveira

De Antonio Gramsci, com quem terminei o hebdô da semana passada, pulo para Claude Lefort: sai a “direção hegemônica” do primeiro e entra a “invenção democrática” do segundo. Morto em 2010, Lefort foi um filósofo da política que exerceu uma marcante influência sobre mim em relação ao que chamo…

Read More

A longa agonia venezuelana – Editorial

A entrada em massa de venezuelanos em Roraima é apenas uma pequena parte do acelerado processo de  emigração de um país destroçado por décadas de governos populistas e autoritários. Desde o ano 2000, cerca de quatro milhões de cidadãos (quase 13% do total da população) fugiram do caos da Venezuela, em busca de sobrevivência e oportunidades em outros países.

Read More

Filosofia Hindu: Introdução – João Rego

Havia prometido aqui escrever sobre a filosofia hindu (Barbárie, cultura e religião Cf, Revista Será? 25.11.2016), objeto de meu interesse desde jovem, quando fui apresentando à obra do místico Paramahansa Yogananda[1].

Read More

Hebdomadário da Corte XXVII – Luciano Oliveira

Terminei o hebdô da semana passada pensando no problema da diferença entre o escravo e o explorado: ainda que sejam ambos uns fodidos, o segundo pode sair por aí vendo o mundo – nem que seja por uma janela de ônibus – e gostar disso!

Read More