Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

O Colapso Da Pátria Educadora – Paulo Gustavo

O “tópos” das relações entre o intelectual e o poder sempre rende reflexões e autorreflexões, mesmo entre aqueles que tiveram uma passagem fugaz pelo poder. É o caso do ex-ministro da Educação, o filósofo Renato Janine Ribeiro…

Read More

Hebdomadário da Corte XXII – Luciano Oliveira

Como diria Roberto Carlos, “o show já terminou”. A “bolha da copa”, é verdade, só estoura no próximo domingo, com a grande final, mas devo confessar uma defecção: pulei fora antes, com a derrota do Brazuca para a Bélgica, deixando lá dentro Galvão…

Read More

Sobre aves piciformes de bico grande e oco – Fernando Dourado

É bem provável que no dia em que se inventariarem os descaminhos do PSDB como partido político brasileiro de referência, no trigésimo aniversário de sua fundação, o historiador do futuro aponte o dia 12 de março de 2018 como um enorme e quase despercebido divisor de águas.

Read More

Vilipêndio à Justiça – Editorial

No último domingo, o Brasil foi surpreendido por uma manobra torpe que, por pouco, não subverteu a ordem jurídica do país e o expôs à risota da comunidade internacional.  Três deputados federais impetraram “habeas corpus” em favor de um condenado pela Justiça

Read More

Por que somos como somos? – Elimar Pinheiro do Nascimento

Nos últimos trinta anos, o País tem conhecido muitas mudanças na interpretação e compreensão de seu passado. A visão estruturalista que dominou a história do Brasil até os anos 1970, centrada no papel do Estado e no comércio internacional…

Read More

Hebdomadário da Corte XXI – Luciano Oliveira

Alô amigos da Rede Bolha! Até 15 de julho, já sabem: continuo na “bolha da copa”. Eu e Galvão!

Read More

O doce ópio da Copa do Mundo – Editorial

Já que é difícil fugir do tema nestas semanas de alegria e efusão, podemos especular um pouco a respeito de alegados efeitos de um evento como esse sobre Governo e Política.  Há quem creia que vitórias ou derrotas mundiais de futebol podem debilitar ou fortalecer governos…

Read More

Aventura em Alto Mar – Clemente Rosas

Corriam os anos 70 do século passado, e eu trabalhava como executivo de uma empresa produtora de papelão ondulado do Grupo Klabin, com unidade industrial na cidade de Goiana e escritório na capital de Pernambuco. 

Read More

A voz dos bons e maus perdedores – Fernando Dourado

“Meu nome é M. Rao e sou comerciante de pedras preciosas aqui em Jeddah desde os anos 1990, quando interrompi meus estudos para vir tomar conta do comércio da família depois da morte de nosso pai. Com duas irmãs para casar, e sabendo que o maior desejo dele …

Read More

Do “Princesa Leopoldina” para a Marcha dos 100 mil – Fernando Dourado

Acho que foi por volta de abril que começamos a ventilar em família a possibilidade de tomarmos um navio no meio do ano de 1968 para visitar o Rio de Janeiro.

Read More

Falta definir o time para começar o jogo – Elimar Pinheiro do Nascimento

Deveria ser proibido falar de política durante a Copa Mundial do Futebol, sobretudo quando você não vai para casa prematuramente, como foi no caso da Alemanha, campeã de 2014. Muitos ficaram com medo de que o mesmo ocorresse conosco, afinal a seleção ainda não correspondeu  às nossas expectativas.

Read More

Hebdocoisas na quarta do jogo – David Hulak

Um espectro ronda o mundo. Caiu a máscara da tolerância politicamente correta. Só dá não tolero, odeio; não me importa, fodam-se. Anos atrás, no falido Orkut – lembram daquela mídia “social”? – grupos criavam os Odeio Tal Coisa, mas os seus membros não ousavam demonstrar repulsa racial, étnica, homofóbica e coisas deste jaez.

Read More

Hebdomadário da Corte XX – Luciano Oliveira

Ah… não tem jeito! Mesmo sem a expectativa e a alegria de antigamente, basta a Copa do Mundo começar e me enfio numa bolha onde me isolo das encrencas do mundo: Lava-Jato, Donald Trump, Guerra às Drogas, Atlas da Violência, Jair Bolsonaro – tudo isso, e muito mais, fica de fora.

Read More

“Oye, Trump”: as eleições de 1º de julho no México – Helga Hoffmann

“Pobre México! Tan lejos de Dios y tan cerca de los Estados Unidos.” De tão repetida a frase já virou brincadeira e, pensando bem, nem é verdade, pois ser vizinho dos Estados Unidos tem desvantagens, mas tem também suas vantagens.

Read More

Togas Desonradas – Editorial

Na oportunidade em que a nação, tocada pelas seduções efêmeras de uma Copa Mundial de Futebol, esquece momentaneamente suas agruras sociais e econômicas, um grupo de ministros do nosso Supremo Tribunal Federal comete o que se pode chamar, sem exagero, de um crime de lesa-pátria.

Read More

Gilberto Freyre e o Estado Novo – Paulo Gustavo

Já faz mais de uma década que Gilberto Freyre, falecido em 1987, saiu de um limbo de silêncio em que certa inteligência brasileira ousou colocá-lo. Reducionismos daqueles que, emitidos por messiânicos ou analfabetos do próprio Freyre, traçaram visões e fronteiras simplistas, muitas nada mais sendo do que círculos…

Read More

Copas do Mundo: um tema para todos – Clemente Rosas

Das vinte copas do mundo de futebol realizadas até hoje, só não vivi as três primeiras: 1930, 34 e 38.  Mas da última delas tive notícia, pelas resenhas do meu pai, sobre o brilho dos nossos dois heróis:  Domingos da Guia, o baluarte quase intransponível na defesa, e Leônidas, o “diamante negro”…

Read More

America Last – Editorial

É cediça a observação, atribuída a Marx, de que a História não se repete, ou apenas se repete como farsa.  Mas, no momento que vivemos, cabe, na linha desta revista, a dúvida: Será?  Soubemos agora da decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de recambiar para os países de origem todos os imigrantes irregulares

Read More

Penta na Ásia: euforia na madrugada – Fernando Dourado

Depois de “Fim de festa no estádio do Sarrià” e de “É tetra, é tetra, é tetra…”,ambos publicados nesta “Será?” nas últimas semanas, hoje vem o último bloco. Este cobrirá os anos de 2002, 2006, 2010 e 2014, quando a Copa do Mundo foi realizada no Brasil.

Read More

Hebdomadário da Corte XIX – Luciano Oliveira

Chego a mais uma Copa do Mundo na minha vida. A primeira foi no longínquo ano de 1962, em Itabaiana, interior de Sergipe. Brasil bicampeão mundial de futebol. Dela, tenho apenas lembranças muito vagas. Era um menino, e como lá em casa…

Read More

“É tetra, é tetra, é tetra…” – Fernando Dourado

No artigo passado, procedi a um longo resgate das reminiscências gravadas na memória dos anos de 1958, 1962, 1966, 1970, 1974, 1978 e, finalmente, 1982, quando sucumbimos a três gols pelos pés do italiano Paolo Rossi, o que levou a que o futebol elevado à arte cênica jamais voltasse a ser o mesmo.

Read More

Ciro, o ilusionista – Sérgio C. Buarque

A entrevista de Ciro Gomes no programa “Roda Viva” foi uma peça brilhante de ilusionismo, misturando real conhecimento e experiência com uma descarada manipulação de dados, e uma linguagem demagógica, com floreio populista.

Read More

Tá ruim pra chuchu, mas… – Elimar Nascimento

Em 1989, Ulysses Guimarães, candidato à Presidência, era o político nacional de maior prestígio. Uma folha de serviços prestados invejável; reconhecimento em todas tribos urbanas; sem qualquer suspeita de corrupção; largo tempo de TV…

Read More

Livre Pensar – David Hulak

Não estou interessado na Copa. A última que mexeu comigo foi a de setenta. Depois daquela todos me achavam estranho, despatriota. Acompanhei a de 70 desde a fase de classificação quando o camarada João Saldanha, na primeira entrevista que deu, escalou a seleção, do goleiro ao ponta esquerda, e priu.

Read More

Declaração de Sentosa: prelúdio de paz? – Editorial

Os presidentes dos Estados Unidos Donald Trump e da Republica Democrática da Coreia Kim Jong-un se reuniram na ilha de Sentosa em Singapura, com muita pirotecnia. A substituição do bombardeio retórico entre o “homemzinho dos foguetes”

Read More

Fim de festa no estádio do Sarrià – Fernando Dourado

Nasci em 1958 e tinha três meses de vida quando arrebatamos a primeira Copa do Mundo. Bem entendido, não tenho nenhuma lembrança desse ano da graça, o que nunca me impediu de estufar o peito e de louvar a coincidência dos fatos.

Read More

Passeio em torno dos cães – Paulo Gustavo

Uma amizade de 15 mil anos não é todo dia que se encontra. Não se trata de lobo em pele de cordeiro, como diz o ditado, mas de lobo em pele de cão, pois, segundo os estudiosos, em algum momento de um longínquo passado, aquele, o lobo, em uma de suas variantes, teria se transformado neste, o cão.

Read More

Livre Pensar – David Hulak

Dispensando os leitores até esta sexta, no domingo, fui aconselhado por um dos Editores para anotar o que me causa espécie, estupor, todos os dias.

Read More

Hebdomadário da Corte XVIII – Luciano Oliveira

Passei uma semana sem me desgrudar do livro Lima Barreto: triste visionário, de Lilia Schwarcz, volumosa biografia do primeiro escritor brasileiro a reivindicar a condição de “escritor negro”.

Read More

No limite da esperança – Luiz Alfredo Raposo

O governo Temer durou um ano. E foi um bom governo. Chegou lá sem precisar prometer nada. E seguiu direitinho a agenda certa. Depois, começou a ser demolido. Primeiro, foi a ação do comando formado por três patriotas: Joesley, Janot e Fachin. O que rendeu dois pedidos de impeachment no Congresso.

Read More