Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Cidade e Poesia – Paulo Gustavo

Em sua monumental obra “Literatura Europeia e Idade Média Latina”, o crítico alemão Ernst Robert Curtius assinala que “A teoria literária da tardia Antiguidade determinou minuciosamente os preceitos do panegírico de cidades…

Read More

O enterro do Padre – Ivanildo Sampaio

Não lembro de outro episódio nessa minha longa vida de repórter que tenha causado mais comoção do que a Missa de Corpo Presente e, depois, a cerimônia de sepultamento do padre Henrique Pereira Neto, o jovem…

Read More

Mistério e êxtase no Réquiem de Mozart – Frederico Toscano

Quase 226 anos após a sua morte, o compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) continua nadando na crista da onda da popularidade internacional. Em 2016, foi aclamado como o artista que mais vendeu discos, superando astros da música pop como Adele e Beyoncé…

Read More

O dia em que perdi o Nobel de Literatura – Fernando Dourado

Fazia já pelo menos uma semana que eu não dormia direito. Quando escurecia lá fora, escurecia aqui dentro, e eu sentia uma angústia que me subia pelo pescoço e, com ela, vinha uma vontade incontida de chorar.

Read More

Os Voluntários da Paz – Ivanildo Sampaio

Foi em 1965, ainda estudante e estagiário, sob a ditadura do marechal Castelo Branco e coberto de má vontade, que fui escalado para  fazer uma reportagem sobre a presença do Peace Corps em Pernambuco…

Read More

Encontros com Proust – Onívora pupila: reflexão e moralidade – Paulo Gustavo

Não é preciso qualquer leitura aprofundada de “Em busca do tempo perdido” para se saber que ela abriga um vasto repositório de reflexões.

Read More

Memórias de 1968 – Clemente Rosas

Talvez a proximidade do cinquentenário dos acontecimentos de 1968, “o ano que não terminou”, como o descreveu Zuenir Ventura em seu livro, tenha motivado intelectuais da minha terra a colher depoimentos dos participantes das agitações estudantis na Paraíba…

Read More

Salomé de Strauss, o resgate polêmico de uma figura bíblica – Frederico Toscano

Mesmo sendo considerado o último compositor romântico alemão, as influências operísticas de Richard Georg Strauss (1864-1949) não podem ser reduzidas a um único estilo.

Read More

Terraço – Luiz Otavio Cavalcanti

Uma casa pode ser olhada de fora para dentro. Ou de dentro para fora. De fora para dentro a casa é um cofre. Onde comida, afetos e abraços são guardados. E nós não os vemos. De dentro para fora a casa é um observatório.

Read More

Madama Butterfly de Puccini, um choque cultural no Extremo Oriente – Frederico Toscano

O compositor italiano Giacomo Puccini (1858-1924) – que tinha um enorme nome de batismo (Giacomo Antonio Domenico Michele Secondo Maria Puccini) – ocupa lugar ímpar na história da ópera graças a La Bohème…

Read More

Certa sexta – Luiz Otavio Cavalcanti

Sexta é dia para se sair de smoking. Preparado para as melhores idas. Ou por outra: sexta é dia para se sair bem leve. Preparado para as mais imprevistas vindas. Nas idas ou vindas, sexta é feita de perceptível encanto.

Read More

No tempo dos discos voadores – Ivanildo Sampaio

Pode parecer ficção, mas já houve um tempo em que grande parte das famílias brasileiras acreditava na existência de discos voadores. Ou de OVNIs – Objetos Voadores Não Identificados, que surgiam e desapareciam no céu,

Read More

Encontros com Proust: O caráter mental da realidade – Paulo Gustavo

Qualquer leitor mais atento da “Busca” tem a vívida sensação de que sempre há muito por decifrar, pois o real da narrativa sempre propõe, senão exatamente enigmas, novas e curiosas surpresas.

Read More

Eugênio Oneguin de Tchaikovsky, o remorso por um amor não correspondido – Frederico Toscano

O compositor Piotr Ilitch Tchaikovsky (1840-1893), primeiro russo a conquistar fama internacional na música, é mais conhecido pelas sinfonias…

Read More

Memórias de Redação: O Último Trem do Sertão – Ivanildo Sampaio

De Sertânia a Salgueiro, a velha locomotiva parecia ainda mais cansada e mais lenta – vencendo o chão seco do Sertão, serpenteando pelo meio da caatinga, até encostar, finalmente, na derradeira estação do percurso.

Read More

Carmen de Bizet, a primeira ópera feminista da história – Frederico Toscano

Ao morrer em 2 de junho de 1875, aos 36 anos, o compositor francês Georges Bizet (1838-1875) não tinha sobrevivido o bastante para saber que sua ópera Carmen tornar-se-ia uma das mais queridas obras musicais jamais escritas e a mais amada de todo o repertório francês.

Read More

Aconteceu em Nob Hill – Fernando Dourado

Naqueles dias, quando os anos 1980 estavam a poucos meses do fim, San Francisco ainda era cheia de casarões vitorianos de sacada florida onde se alugavam cômodos amplos para temporadas curtas.

Read More

Memórias da Redação: O Nike Bar – Ivanildo Sampaio

Foi numa sexta-feira quente de verão que Adolfo Bloch baixou no Nike. Vinha possesso. Procurava um mecânico que deveria estar no plantão das oficinas e que alguém informou que certamente ele estava no Nike Bar.

Read More

Encontros com Proust: Proust e a Medicina – Paulo Gustavo

O médico, na visão proustiana, está como que condenado a chegar atrasado na corrida em que a dor e o sofrimento são, por conta da própria biologia humana, competentes atletas.

Read More

Utinga subsiste! – Clemente Rosas

Dois anos atrás, comecei a escrever os “causos paraibanos”, histórias contadas por meu pai, ou vividas na minha infância.  E os personagens mais ricos dessas histórias talvez tenham sido, ao narrar suas aventuras, meu tio-avô Joca Viriato, senhor do engenho Utinga, e seus descendentes.

Read More

Memórias de Redação –  Voo cego –  Ivanildo Sampaio

Naquele verão de 1970 fui escalado para produzir um suplemento tablóide de 32 páginas, sobre o Estado do Mato Grosso, a ser encartado na edição nacional da Revista Manchete.

Read More

Aída de Verdi, amor e traição no antigo Egito – Frederico Toscano

O mais bem-sucedido e tocado compositor da história da ópera não foi um pioneiro musical como Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e Richard Wagner (1813-1883), porém mais que qualquer outro compositor Giuseppe Verdi…

Read More

Brumal do Silêncio – Chico de Assis

A Fernando da Mota Lima, meu amigo e companheiro de divagações poéticas.

Read More

Dasvidania, Rossiya – Fernando Dourado

Tendo ido dormir tarde – ou demasiado cedo, a depender da ótica -, acordei com enorme dor de cabeça, uma sede bíblica e uma ansiedade enorme por conta dos três ou quatro e-mails inconvenientes que tinha mandado ao voltar do jantar…

Read More

Palavras ao vento…. – Ademir segundo, o distraído

O que valem os partidos? A conversa dos deputados do PSB com o DEM comprova este valor. Perto de zero, pura circunstância.

Read More

Encontros com Proust- Entre o mito da infância e a surpresa da velhice – Paulo Gustavo

Alguns críticos consideraram “Em busca do tempo perdido” como um “romance de formação”. Não deixa de sê-lo, uma vez que acompanhamos o herói desde a infância ao limiar da velhice.

Read More

Realidade e Ficção num só tempo poético – Chico de Assis

Nas três e meia primeiras linhas do livro, Belmar nos avisa a que veio e descortina o universo de fantasia em que estaremos entrando, caso continuemos a leitura. Bom. Já não é bem Belmar.

Read More

Memórias de Redação – Rua do Russel, 804, Praia do Flamengo –  Ivanildo Sampaio

Não dá para esquecer a efervescência que era a redação da Manchete, localizada na Rua do Russel, 804, Praia do Flamengo, Rio de Janeiro, no final daqueles anos 60.

Read More

Tristão e Isolda de Wagner, um monumento ao amor transcendental – Frederico Toscano

O compositor, ensaísta e diretor de teatro alemão Richard Wagner (1813-1883) levou a ópera a elevadas alturas em matéria de intensidade musical, revolucionando toda a experiência operística.

Read More

Cartas ao Editor – Luciano Oliveira

Fico lisonjeado com a saudade dos nossos leitores (“Queremos Luciano! Queremos Luciano! Queremos Luciano!” [ahahahahah…]), e mais ainda com a sua.

Read More