Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Ecos Brasilienses

Personagem do filme V de Vingança.

Personagem do filme V de Vingança.

Eli S. Martins*

“VAI FALTAR CADEIA”

Filósofo de rua  brasiliense.

 

A QUEM INTERESSAVA?

A quem estava o senador Delcídio defendendo ao bolar o plano de libertar Cerveró? A ele próprio, sem dúvida, que já havia sido citado, embora não indiciado. Mas, também a outras pessoas. Dilma, que é citada por Cerveró como sabendo tudo da compra de Refinaria de Passadena, com certeza. Além do mais, segundo a delação de Cerveró que o senador já conhecia, Dilma cobrava a ele constantemente sobre a venda da refinaria que rendeu cerca de um bilhão de reais de prejuízo ao País, e uma boa propina para o PT. E quem mais?

DEU ERRADO

Que pena, deu errado. Este foi o papo no corredor dos poderes em Brasília. A referência era ao plano de soltar o Cerveró e anular a Operação Lava Jato. Por que o Bernardo fez isso? A gente ia ajudar ao pai e a toda a família. Rapaz intempestivo! Será?

VALE A PENA ESCUTAR

Quem quiser conhecer como se faz política no Brasil é fundamental escutar o áudio gravado pelo filho de Cerveró e entregue à Procuradoria Geral da República. Enfim, o estopim da decisão do STF em prender o senador Delcídio do Amaral.

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/ouca-delcidio-do-amaral-barrar-a-lava-jato/

NÃO TINHA OUTRA POSSIBILIDADE

Quando os juízes do ministro escutaram o áudio da conversa entre o senador Delcídio do Amaral, seu assessor, o advogado da família de Cerveró e o filho, Bernardo Cerveró, não tiveram outra alternativa: ou prisão ou desmoralização. Não tiveram opção.

O SENADO SE SALVA

Foi por pouco, mas o Senado se safou de ser linchado em praça pública. O seu presidente bem que queria a votação secreta e, em decorrência, a soltura do senador Delcídio. Mas, não teve jeito. A inconstitucionalidade do voto secreto do artigo 53 da Constituição deixou ao Senado decidir. E seu regimento interno é claro, optou pelo voto secreto. Ademais, não obstruir a justiça não é crime inafiançável. Mas a lei é a lei, e os fatos são os fatos. A pressão política dos eleitores sobre os senadores foi mais forte. O pessoal pensa no dia seguinte. E o presidente Renan, também. Mas é um precedente. De agora em diante, os senhores do senado que se cuidem.

E SE VAZAR OUTROS ÁUDIOS?

E se vazar os áudios das conversas dos ministros do STF com Delcídio? Afinal, o senador diz que conversou com os ministros Dias Toffoli e Teori Zavascki. Meu neto nem pestanejou: “Vovô, vamos mudar de país logo, logo”?

ROMPENDO FRONTEIRAS

As medidas tomadas pelo STF na quarta feira 25 pela manhã, autorizando a prisão do senador Delcidio do Amaral, líder do governo no Senado, e de André Esteves, principal acionista do PGT Pactual, um dos poucos bilionários brasileiro, são inéditas. Jamais antes neste País registrou-se medidas dessa natureza. Minha vizinha enfermeira não titubeou: “Agora, abriu a porteira. Vai ser um salve-se quem poder no Congresso e no Planalto”.

E AGORA, DILMA?

A Presidente afirmava para todos os lados que o Planalto nada tinha a ver com a Operação Lava jato. Delcidio do Amaral não apenas era amigo da Presidente, homem de sua confiança, mas também líder, ou seja, porta voz do governo no Senado.

A NOTA INFELIZ

Uma das características de situações de crise é a impossibilidade dos atores compreenderem o que se passa. Toda crise é original, inédita. E nelas a irracionalidade campeia. A nota do PT, assinada pelo seu presidente, é um exemplo que deve ser analisado em sala de aula como um “case” emblemático. Ela entregou Delcídio às feras, empurrando alguns senadores indecisos a votar pela continuidade da prisão. Além do mais, declarou publicamente que Dirceu, Delúbio, Vaccari e outros agiam em nome do partido.

A PERGUNTA QUE NAO QUER CALAR

Por quanto tempo o senador Delcídio do Amaral fica preso? Os cinco dias iniciais? Haverá prorrogação por mais cinco dias? Ou ficará mofando como outros? E André Esteves?

ELOGIOS

Lula não poupou elogios ao senador Delcídio: burro, idiota, imbecil. Meu vizinho confeiteiro disse que não imaginava que o ex-presidente fosse tão ingrato. Afinal, o senador estava defendendo os interesses dos líderes do PT.

OS FUNDAMENTALISTAS

O pessoal que não se dobra aos fatos está distribuindo na rede uma biografia de Delcidio que se encerra quando ele ingressou no PT. Só conta antes, quando foi ministro de Itamar Franco e próximo do PSDB. Como se os corruptos nascessem corruptos. É preciso lembra-los que Marx não nasceu marxista, nem Maluf nasceu corrupto. Há um ponto de inflexão. Mas este acontece no acumulo que pequenos eventos. É recomendável a leitura de Howard Becker.

ONDE DE METEU O CUNHA?

Com as noticias inesperadas da quarta pela manhã, minha faxineira, Dona Isabella, me cochichou: “Deviam prender o Cunha também”.

E AQUILO ROXO?

Algum senador vai ter aquilo roxo para pedir a cassação do senador Delcidio? Meu vizinho confeiteiro aposta que não. Se Cunha, com tudo que tem contra ele, não cai, imagine um amigo da Presidente. Além do mais, Delcídio era um dos senadores mais querido entre seus pares.

PERGUNTAR NÃO CUSTA

Telefonei para uma amiga no Senado querendo saber se isso era motivo suficiente para cassar o Senador que foi preso. Sua resposta foi clara e contundente, mas nada animadora: “Em um país sério, sim”.

NADA MUDA. SERÁ?

O Procurador Deltan Dallagnol declarou a semana passada em palestra que: “A Lava Jato não vai mudar o País”. Os procuradores estão em campanha nacional, colhendo assinatura para aprovar 10 novas leis de combate à corrupção.

O IMPEACHMENT ESTÁ MORTO?

O grupo de senadores pensa que sim, mas precisa de um enterro à altura. Estão preparando um manifesto pedindo que o impeachment seja votado. No grupo, alguns senadores são a favor e outros são contra. Mas, todos se encontram na ideia de que é preciso mudar a situação atual, pois, do jeito que está, arrisca-se, no próximo ano, um levante popular sem precedentes no País. Em qualquer das hipóteses do resultado da votação, de vitória ou derrota, não se voltaria mais a discutir o assunto e um novo período se iniciaria: com ou sem Dilma. A mulher pacata da padaria da esquina de minha casa, quando ouviu estes comentários não conteve o riso: “E combinaram com o povo”?

A OPOSIÇÃO MUDA DE POSIÇÃO

Conversa dos próceres do PSDB e do PT indicam que a oposição vai mudar. É preciso ajudar a que o País não vá completamente para o “beleléu”. Afinal, eles se pensam herdeiros do poder. Será? Não existe Marina? Nem Ciro? E muito menos Serra?

 

  • Observado anônimo da política nacional.

 

 

 

 

 

 

One Comment

  1. Mestre Eli S Martins.
    Seu próprio escrito. já o comentário a ser feito:
    PERGUNTAR NÃO CUSTA
    Telefonei para uma amiga no Senado querendo saber se isso era motivo suficiente para cassar o Senador que foi preso. Sua resposta foi clara e contundente, mas nada animadora: “Em um país sério, sim”.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *