Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Ecos Brasilienses – Eli S. Martins

Eli S. Martins*

“O governo está preocupado com a queda da arrecadação, e nós com o desgoverno”. Filósofo de rua.

Personagem do filme V de Vingança.

Personagem do filme V de Vingança.

BOLA FORA
O Ministro da Justiça deu uma bola fora quando resolveu, instigado publicamente por Lula, inquerir a polícia sobre o mandato entregue ao filho de Lula as 23 horas. A norma não proíbe tal fato e instiga a policia a agir com celeridade nestes casos.

A PIZZA COMEÇOU
A Juíza substituta que mandou a polícia federal investigar Lula e seus familiares em processo aberto no Distrito Federal foi substituída. O titular da Vara que estava no STJ voltou ao cargo sem motivo aparente, pois podia ficar por lá ainda dois anos. Por que que será? Meu vizinho confeiteiro não tem dúvidas: “O pessoal já começou a preparar a pizza”

REGRAS DESIGUAIS
No Congresso Nacional mentir para os colegas, embora não esteja escrito no regimento, é considerado falta de decoro parlamentar e, portanto, motivo para cassação. Porém, mentir para o povo em campanha é irrelevante.

DILMA MESTRE DA POLITICA
A Presidente teve a estupidez de enviar a Katia Abreu, rainha do agronegócio, que declarou que não existe índio no Brasil, falar em nome dela na ocasião dos jogos indígenas em Palmas. Provocou uma reação entre os índios extraordinária. Isso é que é ser um mestre da política

VALE TUDO
Agora vale tudo. A polícia descobriu macumba na casa do Collor contra Janot.

MEMÓRIA
Não podemos esquecer que o ministro Teori Zavascki está fatiando a operação Lava Jato. O escândalo da Eletronuclear vai para a justiça do Rio, como o do Planejamento, envolvendo a senadora paranaense Glesi Hoffman e seu marido Paulo Bernardo. Ambos descobertos pela operação Lava Jato. Será que os indiciados serão julgados com o rigor da justiça do Paraná ou vai haver um jeitinho para deixar escapar os políticos? Será? É o que devemos fazer: não esquecer e acompanhar.

INOVAÇÃO
“Michel Temer inovou. Eleito vice-presidente em 2014, com promessas registradas no TSE, decidiu subscrever e divulgar um novo “programa de governo” em nome do PMDB. Faltou explicar se pretende esperar a eleição de 2018 ou se vai aderir publicamente ao movimento para derrubar a ex-colega de chapa”. Palavras do jornalista Bernardo Mello Franco.

DÍVIDA ASTRONÔMICA
Para comemorar o aniversário de um ano das eleições de Dilma o Banco Central divulgou na sexta passada, 29, que nossa dívida bruta (DBGG) atingiu R$ 3,789 trilhões. Cresceu R$ 45,4 bilhões de agosto para setembro deste ano. Dá uma média de crescimento de R$ 1,5 bilhão por dia! Tem país quem aguente? Segundo dona Isabella, minha faxineira, a rota do País é da crise para a decadência.

A HISTÓRIA E SUAS INTERPRETAÇÕES
A história dá volta e os mitos se desfazem. Essa é a conclusão de Ismeralda, a minha vizinha enfermeira depois do Roda Viva da semana passada. Fernando Henrique Cardoso sendo prestigiado e reconhecido e o mito Lula indo para o ralo. FHC não perdeu a elegância, declarando que considerava Dilma pessoa ilibada, mas responsável politicamente pelo desastre em que se encontra o País, mas sem poder dizer o mesmo de Lula. Dias depois a polícia entrava no escritório de seu filho, Luís Claudio. Lembremos que Lula foi o responsável por pregar a pecha de “herança maldita” sobre o governo FHC, o mesmo que lhe ajudou a amainar a existência junto dos banqueiros e grandes industriais no exterior.

POLÍCIA! PARA QUE POLÍCIA?
Lula pede para o ministro da justiça controlar a Polícia Federal. Meu vizinho confeiteiro não deu por outra: “E é para controlar, e não investigar? É Polícia de faz de conta“?

ACORDÃO CONTINUA
Enquanto FHC declara no UOL, 30/10: “Diante de tudo o que já se publicou, com toda a documentação sobre as contas secretas, com tudo comprovado e tal, Cunha está perdendo condições morais de ser presidente da Câmara. O PSDB deve ser implacável com ele”. O Presidente do PT declara que Cunha não é ainda culpado “a nosso ver”, e, portanto, merece apoio. Ou seja, prova a mais que o PT faz acordo com o Cunha. Só Jânio de Freitas e petistas empedernidos não querem admitir o acordão recomendado por Lula. Segundo a senhora pacata da padaria na esquina de minha casa: “É uma vergonha”.

ESQUECIMENTO?
O Diretório Nacional do PT se reuniu semana passada, e nenhuma palavra sobre o processo de cassação do Cunha. Esquecimento? Será?

VENTOINHA
Lula ora critica Dilma, ora elogia. Ora critica Levy e o ajuste, ora elogia. Ninguém sabe mais o que o homem pensa. O amigo, psicólogo, diz que isso é natural em pessoas submetidas a alto estresse, com o caso de Lula, com a polícia em seus calcanhares, e de seus familiares. Como Dilma, que ora diz que não tem metas, mas vai dobrá-las, ora que encasar vento.

NUNCA ANTES NESTE PAÍS
No relatório do Dep. Hugo Leal para a nova meta de Resultado Primário para 2015 a União está autorizada a ter déficit de até R$ 117,9 bilhões (2,05% do PIB). Pô cara, jamais se viu isso neste País, disse Elizardo, meu colega de apartamento no hospital.

Observador anônimo da politica nacional.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *