Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Ecos Brasilienses I.2016 – Eli S. Martins

Eli S. Martins*

Personagem do filme V de Vingança.

Personagem do filme V de Vingança.

Finalmente

A monarquia sarneysista começa a ser desmontada antes mesmo da esperada morte de seu rei. O nome de Sarney em 37 escolas maranhenses está sendo retirado por decreto do govenador do Maranhão. Será influência da revolução cultural de Mao Tse Tung ou decadência da monarquia?

O nosso Sanders

Apareceu o nosso Sanders. Chama-se Requião, do PMDB do Paraná, antigo prefeito de Curitiba e governador por três vezes daquele estado. Entre suas propostas tem uma pérola: congelar os juros bancários dos cartões de crédito em 15%. Ismeralda, minha vizinha, está delirando de alegria, pois está pendurada no cartão que lhe cobra mais de 400% de juros ao ano.

Na contramão

Enquanto diversos países do mundo, acompanhando o Japão, estão adotando os juros negativos, aqui os bancos tentam segurar os juros lá em cima para continuar tendo bilhões de lucro no fim do ano. Meu neto me perguntou: “Trabalhador desempregado e banqueiro ganhando dinheiro é governo social democrata ou neoliberal?”

Normalidade 

Gilberto de Carvalho, chefe de gabinete de Lula nos dois mandatos e de Dilma no primeiro, declarou ser normal o ex-presidente Lula receber de presente uma reforma no sítio do filho e sócios, de empresas favorecidas pelo esquema de corrupção na Petrobrás. Segundo meu neto mudaram o sentido da palavra corrupção. Agora é normalidade.

Quem tem?

Meu vizinho confeiteiro está procurando o telefone do Gilberto para ver se a OAS não lhe amplia a cozinha como presente. Afinal, ela deu de presente ao Lula 130 mil reais. A obra de meu vizinho custa somente 10 mil. Bagatela.

Decadência

Países diversos já começam a trabalhar com a hipótese de não vir para os jogos Olímpicos no Rio. O motivo é o aedes brasiliensis com suas três pragas, Dilma, Cunha e Renan, perdão, dengue, zika e chikungunya. Eita governo competente.

Escárnio

José Dirceu declarou ao juiz Sergio Moro que receber 120 mil reais por mês é nada para ele. Uma merreca. Meu vizinho confeiteiro achou que isso era um escárnio, pois, precisa de mais de dois anos para ganhar isso. Ele começa a trabalhar as 5 da manhã e encerra as 17h. E tem sorte, trabalha no local de moradia.

Isolamento

Logo depois do discurso da Presidente Dilma no Congresso, os deputados e senadores do PT falaram da tribuna. Nenhum elogiou a presidente. Para minha faxineira, Dona Isabella, isso é descortesia. Minha vizinha enfermeira, que parece entender mais o riscado da política, preferiu avaliar como sendo isolamento mesmo.

Nova bomba

Nós não temos bomba atômica mas temos o aedes aegypti. Só que, à antiga moda portuguesa, mata mais os nativos que os estrangeiros.

Explicação rápida

Segundo dona Ismeralda, minha vizinha costureira, o Lula está se enrolando sem necessidade. Ele deveria ter dito logo quando apareceu a denúncia do apartamento da Solaris que de fato ele pensava em comprar o apartamento, visitou-o com Dona Marisa, mas a reforma elevou muito o preço que ficou fora de seu orçamento. Ponto final. Segundo meu companheiro de quarto no Hospital, Elizardo, um terço dos ainda petistas iria acreditar na estória e repercutir nas redes. Será que a família da velhinha de Taubaté cresceu?

Mixaria

Aliás, esses mesmos petistas estão divulgando nas redes fotos com o sítio do filho de Lula e sócios, que as empresas do Lava Jato fizeram reformas, de presente, como sendo um sitio merreca. Por que tanta confusão por tão pouco, dizem os petistas? Meu vizinho confeiteiro lembra que o Collor caiu por causa da compra ilícita de um carro. Uma pechincha.

Jogo de bar

O ano passado começou com uma crise política, outra econômica e outra ética. Este ano começa com as mesmas crises, agravadas, e mais a social, com mais de um milhão e meio de desempregados. Passou o ano todinho e o governo não conseguiu fazer nada. Este ano será pior do que o ano passado. E, segundo a propaganda política do PT, não existe qualquer razão para pessimismo. No bar da minha esquina tem um jogo de apostas. A pergunta é: a propaganda que pede o fim do pessimismo é peça de quem? Escolha a melhor resposta: a) de cínicos; b) de lunáticos; c) de imbecis; d) de sadomasoquistas ou, e) de gozadores. Joguei na última alternativa.

Meia volta vamos ver

O projeto de Lei do senador Jose Serra que retira a obrigatoriedade da Petrobras ser a única operadora teve como primeira reação da esquerda envelhecida a de que a lei comprometeria a soberania nacional. Meu companheiro de quarto de Hospital não deixou por menos: “Balela, a soberania nacional é comprometida com a atual lei que impede que o país explore suas riquezas, já que a Petrobrás foi quebrada pelo governo, enquanto o petróleo vale alguma coisa”. A tempo, o planalto, que havia ficado contra, agora voltou atrás.

 

  • Observador anônimo da política nacional

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *