Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Livre Pensar – David Hulak

David Hulak

The Rain Room – MOMA.

The Rain Room – MOMA.

 

Sabedoria cartesiana é ir descartando da amizade tudo aquilo que nela nos desgosta, mantendo um saldo de tolerância, até este chegar ao terceiro quadrante.

*

Alan Turig vai ganhar um Oscar atrasado. Enfim a patuleia que paga ingresso e os que “baixam” de graça os filmes, vão saber o que poucos sabiam e, menos ainda, desconfiavam: o cara foi um Gênio, quebrando o código do Enigma, ajudou Churchill a ganhar a Batalha da Inglaterra e a afundar barcos nazistas e que, depois, o sacanearam por homofobia.

*

Beleza! Mas penso no cara que criptografou o Enigma. Ninguém fala nele. Será que um dia desses ele vai ganhar um filme, premido com um Urso de Ouro, em Berlim?

*

Penso, penso; indago, pesquiso e continuo sem saber o que, no duro, quer dizer Falha Técnica. Aparece em todo canto. Nos meus provedores de internet, de TV a cabo, no distribuidor de jornais, nos apagões e até nos agendamentos de Ministros.

*

Onde, além do Brasil, há blocos de frevo para que o Galo vir a ser o maior do mundo?

*

Penso, que os que respondem a perguntas de repórteres deveriam dar suas respostas sem tanta “com certeza”. Está tão chato como no tempo do recorrente “anívelde”.

*

O Homem da Meia Noite, aquele de Olinda, para os antropólogos da TV, virou Calunga Gigante. Calunga é totem, com tabu, pois representa os antepassados, protegendo as Nações de Maracatu, Penso em um protesto de engarrafar trânsito antes que a televisão transforme o carnaval multicultural em geleia geral, com já fizeram com as Quadrilhas de São João.

*

 Do outro lado de mundo começou o Ano da gentíl Cabra, amável, conforme, de acordo com um dirigente de um Banco daquelas bandas e que divulga um índice Feng Shui, seja lá o que for isso, e por isso será um tempo de saúde, riqueza e amor.

*

É acolá, mas como aqui dependemos das compras deles não custa nada fazer uma fezinha no grupo seis, nas dezenas 21,22,23 e 24. Penso em segurar uma milhar com centena, do primeiro e invertida. Não direi qual por conta do rateio.

*

Por falar nos antípodas, quando o Império onde o sol nunca se punha ganhou a Guerra do ´Ópio, submetendo a China, foi criado o Hong Kong and Shangai Bank Corporation- HKSC, hoje HBSC, provecto e não vetusto, pois a vetustice confere respeitabilidade, venerabilidade. Parece que continua traquinas, derna o ópio de 1860 até os modernos malfeitos. Penso, acho, panglossianamente, que nestes tempos de combate à corrupção, ele se corrigirá para enfrentar o século XXI, operando com a Nova China, esperança da Vale, da Petrobrás, dos pecuaristas do Centro Oeste. Quem viver mais 155 anos, verá.

*

Chega de polêmica, foi Sérgio Porto quem disse “Ou restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!”. Ou ele locupletou a do barão de Itararé? Pouco importa, atire a primeira pedra quem nunca combinou preço, quem nunca morreu de amor, quem nunca pecou. Le Tartuffe somos todos nós? Eu não, violão.

 

Pensar dói.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *