Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Artigos Mais Recentes

Além da JBS – Luiz Otavio Cavalcanti

Compare-se Votorantim e JBS. Um tem itinerário árduo de mais de cinquenta anos de trabalho. Outro tem dez anos de improvável construção. Um tem sistema de governança regulamentado. Outro tem esquema de patrimonialismo revogado.

Leia Mais

Don Giovanni de Mozart, a ópera das óperas – Frederico Toscano

O compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) é uma figura ímpar na história da ópera. Outros grandes mestres, entre eles Giuseppe Verdi (1813-1901) e Richard Wagner (1813-1883), deixaram sua marca exclusivamente na ópera…

Leia Mais

A Polônia onde até a paisagem fala iídiche – Fernando Dourado

Márcia Diamond me perguntou ao telefone que cara tem a cidade de Lublin. Normalmente desinteressada por tudo o mais que não seja o universo lúdico de seus cães de estimação, por uma vez me surpreendi com a curiosidade dela por essas bandas do mundo.

Leia Mais

O Estranho Nome da Rosa – Luiz Alfredo Raposo

Justiça se faça: Temer vinha trabalhando certo. Tinha agenda e sabia negociá-la com o Congresso, como há muito não se via. Resultado, o temporal aos poucos ia embora: a produção ensaiava uma recuperação, a inflação e os juros caiam, as demissões pararam.

Leia Mais

Desabafos em face das maluquices a que assistimos – Elimar Pinheiro do Nascimento

Perdoem meus amigos e poucos leitores, impossível fazer uma análise de conjuntura em face de uma realidade que ganha, de lavada, da imaginação literária.

Leia Mais

A agenda perdida – Sérgio C. Buarque

O governo Temer acabou, e acabou de forma vergonhosa, com estas conversas indecentes de um presidente da República com um empresário mafioso que, junto com Marcelo Odebrecht e outros empresários menores, parecia mandar no Brasil.

Leia Mais

O escandaloso perdão do delator – Editorial

Tão suspeito quanto as conversas do presidente Michel Temer com o dono da JBS, que praticamente desmontou o governo, foi o processo de homologação da delação premiada de Joesley Batista. E, que prêmio ele recebeu pela fantástica delação!

Leia Mais

Sem Temer, pelas Reformas! – Editorial

Os fatos políticos parecem indicar que Michel Temer não pode mais continuar na presidência da República. A suspeita de tentativa de obstrução da Justiça pelo presidente, comprando o silêncio de Eduardo Cunha, acabou com o que lhe restava de respeitabilidade e condições para governar.

Leia Mais

Antonio Candido (1918-2017) – Fernando da Mota Lima

Morreu enfim meu imortal preferido: Antonio Candido. Foi tão longevo e lúcido que já me parecia ser de fato imortal. Devo a ele o mais importante encontro intelectual de minha vida. Foi quando o visitei em 1995.

Leia Mais

A nova divisão nacional – Elimar Pinheiro do Nascimento

Nos anos 1970, o país estava dividido entre os defensores e os opositores do regime militar. Já nos inícios deste século, o PT introduziu uma outra divisão, entre o “Nós” e o “Eles”, tentando convencer o povo de que o “Nós” eram os defensores…

Leia Mais

Um mojito com o embaixador – Fernando Dourado

Será que José Dirceu de Oliveira e Silva voltaria um dia a atravessar de carro o vale do Ribeira, aquela região feiosa do estado de São Paulo, logo depois da divisa do Paraná? Não, era quase certo que nunca mais faria o trajeto.

Leia Mais

Encontros com Proust: muito além da memória – Paulo Gustavo

Como costuma ocorrer com diversos grandes autores, também com Proust acontecem inúmeras simplificações. O gosto popular (no sentido mais amplo desse adjetivo) opera por redução como se fascinado por pontas de iceberg.

Leia Mais

Viva a diferença! – Elizabeth Severien

Ao contrário do que afirma Sérgio C. Buarque em artigo publicado, na semana passada, nesta revista, no Brasil, o tratamento diferenciado para as mulheres na Previdência Social é uma questão de Justiça Reparadora! A DIFERENÇA, AINDA, FAZ-SE NECESSÁRIA!

Leia Mais

A ferradura do general – Luiz Otavio Cavalcanti

A polarização é a mãe do radicalismo. Reduzindo espaço de construção institucional. E empobrecendo alternativas de entendimento político. Mas, no Brasil, nem sempre foi assim.

Leia Mais

Vitória da sensatez – Editorial

Neste mundo de crescente intolerância e tantas decisões insensatas, que provocam riscos reais de intensificação de conflitos, de guerras e de instabilidade no planeta, a semana mostrou que ainda existem eleitores que preferem a negociação ao confronto…

Leia Mais