Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Artigos Mais Recentes

Aída de Verdi, amor e traição no antigo Egito – Frederico Toscano

O mais bem-sucedido e tocado compositor da história da ópera não foi um pioneiro musical como Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) e Richard Wagner (1813-1883), porém mais que qualquer outro compositor Giuseppe Verdi…

Leia Mais

Turquia: vitória democrática é pretexto para ditadura – Helga Hoffmann

Sábado que passou houve muita comemoração na Turquia, para marcar o primeiro aniversário do fracassado golpe militar de 15 de julho. O presidente Recep Tayyip Erdogan voou de helicóptero entre Ancara e Istambul para reviver momentos do golpe.

Leia Mais

Brumal do Silêncio – Chico de Assis

A Fernando da Mota Lima, meu amigo e companheiro de divagações poéticas.

Leia Mais

Despedida – Teresa Sales

Querido Fernando, Pô, cara, isso não se faz com os amigos. Puta sacanagem. Ainda ontem fui a uma conversa boa com Zé Cláudio e Wilton de Souza mediada por Joana D’Arc no Espaço Caixa Econômica, a propósito do lançamento do livro organizado por Betty Lacerda, Lula Cardoso Ayres – Fotografias.

Leia Mais

A sensação de morrer – Fernando da Mota Lima (in memoriam)

Já ouvi vários relatos relativos à visão ou sensação de morrer. Há quem tenha visto uma figuração do céu ou além; há quem tenha ressuscitado convertido a alguma fé e experiências ou visões semelhantes.

Leia Mais

Fernandão – Pedro Gabriel

Nosso Fernando Da Mota Lima tinha beleza pulsando dentro do peito. Era indivíduo saltado de um conto de Guimarães Rosa, como um personagem da margem terceira: “homem cumpridor, ordeiro, positivo; e sido assim desde mocinho e menino, pelo que testemunharam as diversas sensatas pessoas…

Leia Mais

Dasvidania, Rossiya – Fernando Dourado

Tendo ido dormir tarde – ou demasiado cedo, a depender da ótica -, acordei com enorme dor de cabeça, uma sede bíblica e uma ansiedade enorme por conta dos três ou quatro e-mails inconvenientes que tinha mandado ao voltar do jantar…

Leia Mais

Palavras ao vento…. – Ademir segundo, o distraído

O que valem os partidos? A conversa dos deputados do PSB com o DEM comprova este valor. Perto de zero, pura circunstância.

Leia Mais

Celso Furtado – Luiz Otavio Cavalcanti  

Então, o que aproxima e o que diferencia os pensamentos de Gilberto Freyre e de Celso Furtado ? Freyre assinou o Manifesto Regionalista em 1926. Por sua vez, Furtado assumiu a superintendência da SUDENE em 1959.

Leia Mais

Réquiem para Fernando M. Lima – Editorial

Querido amigo, por que a pressa?  Por que correr para a morte, se ela o encontraria, em algum momento futuro, como a todos nós?

Leia Mais

Encontros com Proust- Entre o mito da infância e a surpresa da velhice – Paulo Gustavo

Alguns críticos consideraram “Em busca do tempo perdido” como um “romance de formação”. Não deixa de sê-lo, uma vez que acompanhamos o herói desde a infância ao limiar da velhice.

Leia Mais

Realidade e Ficção num só tempo poético – Chico de Assis

Nas três e meia primeiras linhas do livro, Belmar nos avisa a que veio e descortina o universo de fantasia em que estaremos entrando, caso continuemos a leitura. Bom. Já não é bem Belmar.

Leia Mais

A chapa Dilma-Temer, Tocqueville e o Morro do Bumba – Márcia Alcoforado

Recentemente assinei e divulguei um dos abaixo-assinados da Avaaz, uma rede de ativistas voltada à mobilização social global através da Internet cuja sugestiva missão é “ a de mobilizar pessoas de todos os…

Leia Mais

Memórias de Redação – Rua do Russel, 804, Praia do Flamengo –  Ivanildo Sampaio

Não dá para esquecer a efervescência que era a redação da Manchete, localizada na Rua do Russel, 804, Praia do Flamengo, Rio de Janeiro, no final daqueles anos 60.

Leia Mais

Reforma trabalhista e relações de produção – Editorial

O arcabouço legal do Brasil envelheceu em quase todas as áreas da vida econômica e social, e está ultrapassado como instrumento de regulação de novas e complexas relações que emergem do acelerado processo de mudança da sociedade.

Leia Mais