Pages Navigation Menu

Penso, logo duvido.

Será?

Os fundadores da Revista Será?

Por que lançar mais um blog na rede virtual já saturada de informação? O que acrescentar a este alucinado bombardeio de dados, notícias e informações que circulam e inundam o planeta? Duas motivações podem justificar este empreendimento da Revista Será?. A primeira decorre de uma sensação de incômodo com a enorme poluição de informação e de mensagens, na sua maioria de limitado conteúdo, combinando concisão e velocidade com simplicidade e superficialidade. O excesso de notícias e informações tende a confundir e mesmo atrapalhar a reflexão, a análise e a organização do pensamento, a troca de ideias e conhecimentos e o debate aprofundado. “Será?” se propõe a ser uma revista de opinião e de debate de ideias, um espaço para a reflexão crítica e a troca de visões e interpretação do mundo contemporâneo.

A segunda motivação dos editores da “Será?” parece implícita na denominação da revista: a utilização da dúvida como método de observação e análise da realidade, questionando as verdades cristalizadas e estabelecidas – verdades e pré-conceitos carregados de emoção que inibem o pensamento crítico e paralisam a criação – duvidando do senso comum e das unanimidades, frequentemente carregados de enganos e simplificações. A revista, num formato de blog, não tem verdades nem convicções definitivas. Prefere a dúvida e a abertura intelectual que, estas sim, avançam no conhecimento e consequentemente na busca de soluções. “As convicções”, dizia Nietzsche, “são inimigas da verdade, mais perigosas que as mentiras”. O mais grave das certezas absolutas e definitivas é a paixão e a carga emocional que costumam carregar, impedindo um debate sério e equilibrado. Neste aspecto, vale a referência a outro filósofo, David Hume, para quem “todas as doutrinas que sejam favorecidas por nossas paixões devem ser objeto de suspeita”.

Conselho Editorial atual

Clemente Rosas
João Rego
Sérgio C. Buarque
Teresa Sales

Conselho Editorial que fundou a revista

João Rego
Sérgio C. Buarque
Teresa Sales
Cláudio Marinho
Luciano Oliveira

PS A imagem da home que ilustra este texto é sempre de algum tema de relevância contemporânea, quer seja tragédia, homenagem a personagens ou registros de fatos relevantes diversos.

27 Comments

  1. Será? Claro que sim! Adorei a foto de Teresa rodeada pelos galãs intelectuais. Beijos e boa sorte a todos e ao blog interessante.

  2. Parabéns à equipe da Revista.
    Muito instigante!
    Creio que SERÁ certamente um sucesso!
    Abraços,
    Eliana Rolemberg

  3. Senhores Editores,

    Não pertenço ao grupo de pessoas que usam correntemente os produtos eletrônicos mais utilizados nas redes sociais. Não sou, portanto, ligado no Facebook.

    Agradeço o convite e aproveito para parabenizar o empreendedorismo do grupo de vocês e com certeza vou continuar acessando a página da Revista Será? na Internet.

    Gostei dos textos que li, da liberdade de expressão percebida nas opiniões dos amigos leitores e também da atualidade dos temas colocados à disposição de todos.

    Atenciosamente,

    Bartolomeu Franco

  4. Gostei das reflexões propostas pela revista, essenciais nesse mar de informações diletantes! Certamente acessarei o site e indicarei a leitura ao meus amigos.

    Sucesso!

    Cristina

  5. Muito bem, muito bem mesmo! Gostei muito, ótima iniciativa. A qualidade não tem sido o ponto forte na internet e pontuá-la, sempre que possível, de lucidez e diversidade de conteúdo com qualidade é um ameno vento que recebemos com prazer.

  6. Sou professor da graduação e da pós no Instituto de Ciências da Arte, na Universidade Federal do Pará. Parabéns… Gostei da iniciativa da criação e veiculação, bem como do formato da publicação… Visando dar credibilidade o próximo passo, seria indexar a revista…

  7. Parabéns pela iniciativa inteligente e instigante!! Esse é um ótimo espaço para boas leituras e muitas reflexões.

  8. Boa noite! Acabei de ler OLINDA ERA UMA FESTA de Fernando da Mota Lima e fiquei encantada. Não só por morar e amar a cidade, mas principalmente porque é citado no texto os encontros realizados na Casa de Bira e Plínio;. São os pais do rapaz que amo e gostaria de presenteá-lo com esse número da revista. Ele vai adorar! Espero resposta. Muito obrigada.

    • Cara Andreza
      Fico muito contente que tenhas gostado da nossa Revista. Não temos a edição em papel, apenas digital, na Internet.
      Divulgue para seus amigos e os orientem que eles podem nos seguir no Facebook, ou, o que é mais eficaz, se inscrever em nosso mailing. Na primeira página da Revista em Subscribe.
      Incluí seu e-mail em nosso mailing.
      Conto com seu apoio para divulgar o site e nos seguir no Facebook e no You tube.
      Forte abraço
      João Rego – Editor de Mídias
      Revista Será?
      http://www.revistasera.info

  9. Parabenizo-os pela revista. Sou professor e pesquisador da Escola de Engenharia da UFMG, especializado em estruturas com materiais nao convencionais (bambu e fibras naturais)

    Abraços fraternos

  10. Concordo com as duas motivações que animaram o lançamento de um blog, como este, no mundo virtual. Também me incomoda essa frenética poluição de informações, em meio à qual se torna confuso distinguir onde se situa o ponto de equilíbrio entre uma razão refletida e o destempero das emoções desenfreadas. As duas citações, de Nietzsche e Hume completaram meu interesse em inscrever este blog entre meus favoritos. Peço que incluam meu e-mail na sua lista de seguidores.
    Cordiais Saudações.

  11. Estamos distantes, mas não estamos dormindo. Temos a consciencia de que as notícias na net são em geral confusas, tendenciosas, ora por uma sigla, ora por outra. Dança das cadeiras.
    Somos obrigados a votar para eleger presidentes, sem termos a consistência de quem vive o dia a dia no Brasil. No entanto, argumentos, materiais para reflexões, nos ajudam a desencadear conclusões mais lógicas…ou não.
    Parabéns pela iniciativa, permitam que divulguemos essa boa nova em nosso jornal virtual !

  12. Parabéns pela iniciativa.
    Mas não seria “são inimigas da verdade mais PERIGOSAS que as mentiras”? Ou não alcancei alguma outra intenção na concordância?
    Obrigada, andréia

    • Andréia:

      “As convicções são inimigas da verdade, mais perigosas que as mentiras”

      Esta é a frase de Nietzsche isolada do texto.

      Saudações!

      João Rego – Editor

  13. Muito bom!! Fiz um blog por esses mesmos anseios, de estar cansada dessa informação supercial que se diz de qualidade. Parabéns! Amei a proposta de vocês e irei acompanhá-los.

  14. A ideia é muito interessante e oportuna, porém, assim como eu, creio que irão esbarrar em alguns problemas: 1 – ninguém (nem eu) tem paciência para ler textos grandes na tela do computador; 2 – o interesse por assuntos que são realmente importantes é muito baixo! Basta ver nos indicadores de leitura dos sites de notícias na net!; 3 – Se não tiver um suporte financeiro é difícil manter o blog atualizado e atraente! Mas louvo a iniciativa e torço pelo seu sucesso!

  15. É notório que o excesso de informação gera o déficit de atenção e a pobreza e das informações absolvidas gera dogmas nada agradáveis.

  16. Seja lá a informação: uma convicção doutrinária, uma mera ilustração tecnológica e, ou filosófica – mesmo sob suspeita – pela carga emocional das paixões seu limite é o (- & +) infinito, ou como diria o “poetinha” infinito enquanto dure, mas jamais a informação será demais no enriquecimento democrático da essência humana: “Se eu penso, logo existo”! Aliás, como diriam os melhores filósofos contemporâneos. SERÁ!

  17. Comentário:
    País verdadeiramente democrático é assim! Devemos sempre dar as boas vindas ao Debate, ao Diálogo, com respeito a todas as falas, sem calar ninguém. Somos um País Democrático em pleno desenvolvimento, precisamos desse tipo de Revista, aberta a todos os Povos do Mundo! Parabéns! Bem-Vindos! Boa Sorte!

  18. Ideia sensacional! Genial! Espero dessa turma textos com toque de genialidade e com os pés no chão. Vamos pensar e agir. Acordar e sair do lugar. Sucesso galerinha! Quero acompanhar vocês!

  19. Será? Com toda certeza. Mostrado o objetivo da revista que se há de concordar pois, onde se deixa o questionamento vai se atingir a meta, gerando o consenso.
    As publicações que se vê dos blogs em geral, são afirmativas que tendem a expressar, apenas, o o pensamento de quem publicou.

  20. Só agora por conta do belo artigo sobre o Dia Internacional da Mulher é que entrei em contato com a Revista Será? Potente iniciativa! Sabia que essa Teresa Sales não ia para o nosso Recife e ficar quieta. E que prazer David, em vê-lo em tal combativa trincheira. Abraços.

  21. Sempre Grato pelo envio deste periódico virtual e boas reflexões!

  22. Hoje, 10 de novembro de 2015, se registra mais golpe na nossa cidadania no Grande Recife.
    Todos estamos estarrecidos com o cartel das empreiteiras da lava a jato mas não percebemos o obvio do cartell da gasolina que nos afeta diariamente. Vejam que hoje a partir do meio dia todos os postos da RMR ajustaram seus preços para o mínimo de 3,75 R$/litro. No posto em que abasteço, até esta manhã era praticado o preço de 3,29 R$/l. Segundo um dos operadores da Bomba, ao meio dia, chegou um cara numa moto e disse que o preço deveria ser ajustado imediatamente a ordem foi seguida.
    Essa é uma pratica antiga na RMR. A pergunta é: porque o ministério público e a polícia federal não percebem isso aqui entre nós. Será que descobrir cartel é prerrogativa do juiz Sérgio Moro e da PF do Paraná ?
    Coitados de nós Pernambucanos

  23. Excelente Revista/Blog! Recordo-em do poema de Leminski quando ele diz “Nunca sei ao certo/ se sou um menino de dúvidas/ ou um homem de fé/ certezas o vento leva/ só dúvidas continuam de pé”.
    Muito obrigada por suas postagens, engrandece meu saber.

  24. Excelente Revista/Blog!
    Recordo-me do poema de Leminski quando ele diz “Nunca sei ao certo/ se sou um menino de dúvidas/ ou um homem de fé/ certezas o vento leva/ só dúvidas continuam de pé”.
    Muito obrigada por suas postagens, engrandece o meu saber.

  25. Prezados Amigos do Conselho,

    Li pela edição eletrônica do Jornal do Commercio do último domingo que nossa “Será?” está doravante geminada com o portal do jornal. Como colaborador de ambos – a exemplo de bom número dos articulistas -, me regozijo bastante com a notícia. Atento às sinergias do mundo, embora um pouco lento para percebê-las, vejo que daí nasce um casamento fadado a durar. Ganhamos todos.

    Parabéns!

    Fernando

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *